Página
Principal
Cadastre-se
grátis
Anuncie
no portal
Me Leva Penapolis
Tire suas
dúvidas
Gerencie
seu anúncio
Fale
conosco
Buscar empresas
 
Categorias
EXPOSIÇÃO DE ORQUÍDEAS (10)
Açougue (8)
Advogado/OAB (310)
Agencia de turismo (8)
Agronegócio (6)
Água/Gás (7)
Alimentação (5)
Animais/Pet Shop (12)
Artesanato (6)
Artigo esportivo/pesca (2)
Artigo infantil (7)
Auto escola (3)
Automação (3)
Automotivo (20)
Aviamento (4)
Bancos (11)
Bandas (5)
Bicicletaria (5)
Bijouteria (3)
bolsa/calçados/acess (10)
Borracharia (1)
Brindes/Presentes (5)
Brinquedos (5)
Chaveiro (2)
Clínica veterinária (1)
Clínicas (1)
Clínicas de Exames (2)
comunicação (1)
Confecção (3)
Cosmético (4)
Dentista (7)
Despachante (2)
Diversão (4)
Doceria (4)
Eletroeletronicos (1)
Eletrônica (10)
Embalagens (5)
Empresas de ônibus (10)
Entreposto de laticínios (1)
Escolas / Faculdades (11)
Escritórios/Contábil (15)
Estética (8)
Farmácia / Drogaria (13)
Festa/decoração (8)
Fisioterapia (8)
Floricultura/paisagismo (8)
Fogão/Peças/acess (1)
Frios/laticinios (4)
Funerária (2)
Garagens (4)
Gráfica (4)
Hotelaria (8)
Igreja / templo (1)
Imobiliária (2)
Importação/Exportação (1)
Imprensa (9)
Informática (46)
Instrumentos musicais (2)
Internet (6)
Laboratório (4)
Lan House (4)
Lanchonete/lanches (10)
Lava rápido (3)
Locadoras de vídeo (4)
Material Construção (23)
Mecânica (3)
Médico (62)
Moda/Vestuário (45)
Montagem Industrial (5)
Moto/oficina e Peças (10)
Mototaxi (0)
Móveis e Decoração (15)
Ortopedia (1)
Otica e Foto (14)
OUTRAS (2)
Padaria (11)
Papelaria (3)
Peixaria (1)
Perfumaria/Cosméticos (3)
Piscina / Lazer (3)
Pizzaria (12)
Plano de Saúde (2)
Podologia (3)
Posto Combustível (6)
Prestador de serviços (33)
Produtos limpeza (5)
Psicologia (1)
Publicidade (18)
Reflorestamento (2)
Refrigeração (8)
Relojoaria (3)
Restaurante (14)
Salão beleza (9)
Seguradora (2)
Segurança do Trabalho (6)
Segurança patrimonial (3)
Serralheria/Serralheiro (6)
Serv/Festa (3)
Sindicatos (1)
Sorveteria (15)
Supermercado (3)
Tecido/Cama/Mesa/Banho (3)
Tel/celular (5)
Tinta (3)
Transportadora (6)
Utilidades domésticas (2)
Verdura e legumes (3)
Vidraçaria (2)
Vistoria Auto (0)
Momento de Reflexão
 
Tristeza que fere

 
O homem chegou em casa, naquela noite, trazendo o mau humor que o caracterizava há alguns meses. Afinal, eram tantos os problemas e as dificuldades, que ele se transformara em um ser amargo, triste, mal humorado.
Colocou a mão na maçaneta da porta e a abriu. A luz acesa na cozinha iluminava fracamente a sala que ele adentrou. Deteve o passo e pôde ouvir a voz do filho de seus quatro anos de idade:
Mamãe, por que papai está sempre triste?
Não sei, amor, respondeu a mãe, com paciência.
Ele deve estar preocupado com seus negócios.
O homem parou, sem coragem de entrar e continuou ouvindo:
Que são negócios, mamãe? São as lutas da vida, filho.
Houve uma pequena pausa e depois, a voz infantil se fez ouvir outra vez:
Papai fica alegre nos negócios? Fica, sim, respondeu a mãe.
Mas, então, por que fica triste em casa?
Sensibilizado, o pai de família pôde ouvir a esposa explicar ao pequenino:
Nas lutas de cada dia, meu filho, seu pai deve sempre demonstrar contentamento.Deve ser alegre para agradar o chefe da repartição e os clientes.
É importante para o trabalho dele. Mas, quando ele volta para casa, ele traz muitas preocupações.
Se fora de casa, precisa cuidar para não ferir os outros, e mostrar alegria, gentileza, não acontece o mesmo em casa.
Aqui é o lar, meu filho, onde ele está com o direito de não esconder
o seu cansaço, as suas preocupações.
A criança pareceu escutar atenta e depois, suspirando, como se tivesse pensado por longo tempo, desabafou:
Que pena, hein, mãe? Eu gostaria tanto de ter um pai feliz, ao menos de vez em quando.
Gostaria que ele chegasse em casa e me pegasse no colo, brincasse comigo. Sorrisse para mim. Eu gostaria tanto...
Naquele momento, o homem pareceu sentir as pernas bambearem. Um líquido estranho lhe escorreu dos olhos e ele se descobriu chorando. Meu Deus, pensou. Como estou maltratando minha família.
E, ainda emocionado, irrompeu pela cozinha, abriu os braços, correu para o menino, abraçou-o com força e lhe convidou:
Filho, vamos brincar?



Veja também:


- Amor verdadeiro

- Amanhã pode ser tarde

- O valor dos elogios



» Leia todas as mensagens


Tv MLP
 






 
 
 
Buscar empresas
Página principal  |  Cadastre-se grátis  |  Anuncie no portal  |  Tire suas dúvidas  |  Gerencie seu anúncio  |  Fale conosco
Copyright © 2018 MeLevaPenapolis.com.br. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução ou utilização de qualquer conteúdo deste site, sob as penas da lei.